Detetive RPG BR
Seja Bem-Vindo !!!

Aqui se reúnem as maiores mentes criminosas e os detetives mais perspicazes em um luta entre justiça e interesse. Venha e participe das aventuras que lhe aguardam em Londres. Inscreva-se e inicie essa jornada.

Aviso: Nosso site esta passando por uma renovação, estaremos parados nesse meio tempo, caso tenha se interessado se cadastre que entraremos em contato avisando da estreia.

Administração Detetive RPG



 
PortalPortal  InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 London's Pub

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Josh M. Heiselmann
Serial Killer
Serial Killer
avatar

Mensagens : 74
Data de inscrição : 29/01/2013
Idade : 27
Localização : Londres

Ficha de Personagem
Level: 999
HP:
550/999  (550/999)
Experiência:
999/999  (999/999)

MensagemAssunto: London's Pub   Ter Jul 04, 2017 1:55 pm

             

London’s Pub



Localizado em East End (a parte mais perigosa de Londres), o London's Pub é frequentado pelas pessoas mais mal-encaradas de toda a cidade. Você entra no local e percebe alguns homens e mulheres sentados pelas mesas, marcas de tiro pelas paredes de madeira, uma gangue de motoqueiros em um canto falando alto e bebendo cerveja.

-Que local agradável. - Você pensa.



Aqui você pode vir para tomar uma bebida, encontrar alguém, procurar informantes e requisitar missões. Se sua escolha for a última, vá até o barman (Um homem baixo, gordo, careca e tatuado) e peça uma foto de passaporte.


----------------------------------------------------------------------------------

Assim como um leão não teme um chacal, em nenhum momento pense que tenho medo de você.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Demetrya
Mercenário
Mercenário
avatar

Mensagens : 15
Data de inscrição : 09/07/2017

Ficha de Personagem
Level: 1
HP:
116/116  (116/116)
Experiência:
0/0  (0/0)

MensagemAssunto: Re: London's Pub   Qua Ago 09, 2017 10:10 am

Os dias passavam loucamente. Há poucas horas atrás estava dentro do departamento da Scotland Yard, será que se tratava de uma policial infiltrada no submundo ou uma mercenária infiltrada na polícia? 

Talvez até mesmo pudesse ser as duas pessoas em um único corpo, afinal de contas a morte estava em todos os lugares, o que diferenciava era a justificativa pela qual se matava. 



Ainda com seu cabelo preso em rabo de cavalo, caminha com uma mala prateada em mãos. Olha para os lados, já esteve neste bairro dias atrás. Adentra um bar com algumas pessoas, as paredes possuíam uma decoração inusitada: tiros. 


Caminha tranquilamente pelo bar, seguindo até o balcão onde o barman se encontra, um homem nada agradável de se ver. 

-- Por favor, me vê um copo de uísque... Suspira -- E também uma foto de passaporte para passar o tempo. Falava com um certo tédio na voz. Senta-se à frente do balcão, pousando a mala prateada em seu colo, começa a mexer nos cabelos presos, enquanto aguarda por seu pedido. 

----------------------------------------------------------------------------------

"Aquele que luta com monstros deve acautelar-se para não tornar-se também um monstro. Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você."Friedrich Nietzsche

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Wayne Keller

avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 08/07/2017
Idade : 32
Localização : Londres

Ficha de Personagem
Level: 1
HP:
116/116  (116/116)
Experiência:
0/0  (0/0)

MensagemAssunto: Re: London's Pub   Ter Ago 15, 2017 8:30 pm

A preocupação com as fotos roubadas era evidente em seu rosto. Algumas vezes uma sobrancelha franzida, em outros momentos, um olhar vago perdido no nada. Encontrou sossego apenas quando desligou o celular, tendo assim uma trégua por parte de seus clientes que cobravam o resultado do serviço prestado por ele: fotografias pagas antecipadamente. 

Freou o passo ao notar uma silhueta de mulher já vista antes, mais especificamente no Puzzle. O mesmo tom de cabelo deu a certeza de que se tratava da Dona do Enigma; A Condutora do Submarino; Aquela Que Vai Embora do Nada. Fácil, era um bar.

Achegou-se sem dizer nada para ela, mas sentou no banco ao lado. - Uma dose de uísque, por favor. - Gritou para que qualquer atendente lhe servisse.

Wayne nunca havia visitado aquele bar antes, mas alguns telefonemas lhe deram a informação de que, neste local, ele encontraria os contratantes de seu último trabalho e consequentemente o paradeiro do seu HD externo. Apesar das características peculiares do lugar, o fotógrafo se sentia a vontade.

"A câmera é um instrumento que ensina a ver sem câmera."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Demetrya
Mercenário
Mercenário
avatar

Mensagens : 15
Data de inscrição : 09/07/2017

Ficha de Personagem
Level: 1
HP:
116/116  (116/116)
Experiência:
0/0  (0/0)

MensagemAssunto: Re: London's Pub   Qua Ago 16, 2017 2:32 pm

Esperava por sua bebida ao balcão, quando ouve, repentinamente, uma voz conhecida ao seu lado. Observa de canto de olho, sem virar o rosto e então esboça um largo sorriso. 
De fato era uma figura com a qual já havia cruzado anteriormente, inclusive em um outro bar poucos dias atrás. 


-- Senhor Wayne...vejo que nesta noite nossas ressacas serão iguais. 


Dizia ao ouvir claramente que ele havia pedido um uíque. -- Estou realmente surpresa que não seja um copo de café. Sorri. -- É bom ve-lo no "porto" novamente. 

Vira sua cadeira, ficando de frente com o rapaz, da mesma forma que ele havia feita da última vez que se encontraram. -- Me arrisco a dizer que a próxima vez que nos encontrarmos será em um grupo de alcoólatras anônimos. Brinca, então olha para a pessoa que está anotando o pedido do rapaz e complementa. -- Uma dose extra-forte para este jovem. 


Olha para Wayne ainda com um sorriso. -- Me parece que alguém está afim de esquecer algumas coisas esta noite. Toma seu copo recém servido e o ergue, propondo um brinde. -- Á mente tórpida e lasciva.   

----------------------------------------------------------------------------------

"Aquele que luta com monstros deve acautelar-se para não tornar-se também um monstro. Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você."Friedrich Nietzsche

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Wayne Keller

avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 08/07/2017
Idade : 32
Localização : Londres

Ficha de Personagem
Level: 1
HP:
116/116  (116/116)
Experiência:
0/0  (0/0)

MensagemAssunto: Re: London's Pub   Qua Ago 16, 2017 7:35 pm

Não foi nada natural, mas Wayne conseguiu, sem esforço, segurar o ímpeto e não demonstrar que ela carregava todas as ferramentas para salvar sua noite. Talvez, se não estivesse assim, meio "coisado", o disfarce seria uma missão impossível sem Tom Cruise. - Olha, dessa noite eu não quero me lembrar de muita coisa. Mas temo a ressaca de amanhã. - Sorriu conforme a música de sua vida permitia. A faixa atual era melancólica.  - Então... você acertou! Quero esquecer umas coisas sim e essa tarefa não é pros cafés. - Virou a cadeira e agora estavam de frente.

Wayne vestia botas marrom escuro que tinham o final do cano curto oculto pela calça jeans. Um meio sobretudo que não só lhe protegia do frio, amante da boêmia, mas que também escondia quase que totalmente uma camiseta básica branca. Os cabelos descuidados denunciavam uma saidinha com não mais planejamento que um impulso espontâneo. 

O atendente foi rápido e serviu a dose comum. - Não discuto com o destino. O que pintar eu brindo. - E o fotógrafo brindou, e virou o copo em um só gole, deixando para o rosto enrugado e retorcido sinalizar arrependimento. - Ouviu a moça? Dose extra-forte, por favor. - O bartender deve ter entendido que se tratava de um double e tornou a encher o copo. - Seja lá o que me trouxer esse segundo copo, não posso recusar algo extra, e muito menos forte. - Assim, para sua perdição, virou o copo novamente. O instante seguinte foi de olhar perdido em meio a pontos brilhantes que dançavam em um cenário esbranquiçado. - Um dia virarei um copo... como você. - Pausa brevíssima. - "Como você", digo, a forma elegante com que viras um copo de uísque. - O sorriso amarelo veio após a piada tosca. 

Deixou o copo na mesa e com um tom de voz exageradamente falso, discursou. - Boa noite, irmãos do AA. Vamos dar as boas-vindas à... - Era melhor assumir o deslize antes que o receio se torne forte demais para ser quebrado depois, sem o auxílio de drogas lícitas. Ele nunca soube o seu nome, nem sequer havia perguntado. - Qual o seu nome mesmo? Os livros e as fotografias tem boa memória. Não esquecem de nada! Eu esqueci de perguntar sua graça, mas me lembro do seu rosto quase sempre. Talvez por isso sou fotógrafo e não escritor. - Wayne tentava se recompor das doses e da queimação interna. 




"A câmera é um instrumento que ensina a ver sem câmera."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Demetrya
Mercenário
Mercenário
avatar

Mensagens : 15
Data de inscrição : 09/07/2017

Ficha de Personagem
Level: 1
HP:
116/116  (116/116)
Experiência:
0/0  (0/0)

MensagemAssunto: Re: London's Pub   Sex Ago 18, 2017 1:32 pm

-- Nem mesmo o café mais forte é capaz de tirar o mais suave dos problemas. E não se preocupe com o amanhã, quando não sabemos nem mesmo se iremos acordar, de certo é tolice às vezes nos prendermos ao futuro incerto. Hoje estamos aqui, tomando uma bebida pela segunda vez e amanhã pode ser que nem mesmo acordemos... quem poderá prever?


O jeito desleixado com o qual ele se apresentava esta noite era bem diferente. Os cabelos bagunçados demonstravam uma certa pressa, misturada à insatisfação, era compreensível, Londres era um lugar muito agitado. 


Fez seu brinde, erguendo o copo e antes que virasse sua dose, apenas observou o rapaz que tomava sua bebida em um único gole, fazendo uma suave careta em seguida. Sorriu e então repetiu o mesmo gesto dele, virando o copo e o chocando contra o balcão. Abaixa a cabeça, para limpar o líquido que escorria do canto de sua boca. 


Soltava um sorriso com a performance do rapaz, inclina seu tronco na direção dele, posicionando o rosto próximo dele como se ele estivesse portando um microfone e disse de forma suave: --Demetrya... Afastando-se lentamente. 

-- Me chamo Demetrya, senhor Wayne. Por sorte consegui lhe dizer antes de sair mais uma vez. Brinca, então repara em um comentário que ele havia feito e arqueia a sobrancelha com um sorriso de canto. -- Se lembra do meu rosto quase sempre? Hmm... interessante... o que há demais em minha face para ocupar tanto assim sua mente, senhor Wayne?

----------------------------------------------------------------------------------

"Aquele que luta com monstros deve acautelar-se para não tornar-se também um monstro. Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você."Friedrich Nietzsche

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: London's Pub   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
London's Pub
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Long-gone London: o jubileu da Rainha Elisabeth
» Long-gone London: a busca pela Deusa da Babilônia
» Long-gone London: Prólogo - O declínio do Novo Mundo
» Long-gone London - Capítulo I: O baile dos amaldiçoados
» ROSSIGNOL, London Ivy

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Detetive RPG BR :: Tópicos relacionados :: Submundo-
Ir para: