Detetive RPG BR
Seja Bem-Vindo !!!

Aqui se reúnem as maiores mentes criminosas e os detetives mais perspicazes em um luta entre justiça e interesse. Venha e participe das aventuras que lhe aguardam em Londres. Inscreva-se e inicie essa jornada.

Aviso: Nosso site esta passando por uma renovação, estaremos parados nesse meio tempo, caso tenha se interessado se cadastre que entraremos em contato avisando da estreia.

Administração Detetive RPG



 
PortalPortal  InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 London Zoo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Victoria Tayllor
Detetive
Detetive
avatar

Mensagens : 75
Data de inscrição : 26/05/2014
Idade : 30

Ficha de Personagem
Level: 20
HP:
500/500  (500/500)
Experiência:
500/500  (500/500)

MensagemAssunto: London Zoo   Dom Jul 02, 2017 3:30 pm

               

 LONDON ZOO



 
 
Para os amantes de aventuras, o London Zoo é uma ótima escolha. Além da diversidade de animais de diferentes partes do mundo, o zoológico oferece trilhas e passei emocionantes, com opções para crianças e adultos.
 
É um ótimo local para passeios e encontros casuais, perfeito pra fugir da vida corrida da cidade londrina. 
 

----------------------------------------------------------------------------------

Victoria Tayllor
..................................................................................
Minhas falas
"Fala dos outros"
Pensamento
♠️
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victoria Tayllor
Detetive
Detetive
avatar

Mensagens : 75
Data de inscrição : 26/05/2014
Idade : 30

Ficha de Personagem
Level: 20
HP:
500/500  (500/500)
Experiência:
500/500  (500/500)

MensagemAssunto: Re: London Zoo   Sab Jul 08, 2017 12:08 am








Onepost



 
Já era tarde quando cheguei em casa após aquela noite de erros e acertos. Minha cabeça estava com um turbilhão de pensamentos, mas o único que tomava a minha mente no momento era como minha filha estava.
 
Quando eu saia, Gisel ficava com a Helena, o que me deixava menos preocupada, mas ainda assim com medo. Ser detetive era ter duas opções: viver com o medo ou aprender com ele. E, quando se tratava da minha filha, minutos longe me faziam tremer de medo.
 
Assim que cheguei, vi a minha pequena dormindo na minha cama, com diversas fotos espalhadas pelo colchão. Isso vinha acontecendo constantemente. Ela vivia a procura de fotos do pai, mas era inútil a procura porque nem mesmo eu tinha uma única foto de Z. Pelas fotos espalhadas, encontro uma que me faz sorrir: era a foto de quando sai da maternidade, com a Helena nos braços. Nesse dia eu jurava que poderia ser outra pessoa, que eu poderia viver longe do perigo...Mas parecia que eu não me cansava de correr atrás dele.
 
Guardo a foto em uma gaveta e junto todas as outras fotos. Deito-me com minha filha aconchegada em meus braços e durmo.
 
No dia seguinte, com a culpa ainda instalada na minha mente, decido fugir um pouco da normalidade.
 
- Filha, acorda, vamos no London Zoo hoje, que tal? – Digo para minha filha, ainda com os olhos abrindo, sonolentos.
 
De repente, seus olhos e seu corpo despertam num pulo de alegria. Me fazia lembrar a Victoria que fui um dia.
 
- Vamos, mamãe, vamooooos! – Diz Helena.
 
Em poucos minutos, minha filha estava pronta, com sua bolsinha em formato de cachorro em seus braços.
 
- Vamos, mãe, que demora! – Insiste.
 
Visto uma roupa simples, a blusa e a calça jeans de sempre, pego minha bolsa e sigo com ela até o zoológico, de táxi.
 
Assim que chegamos, quase perco-a de vista. A menina serelepe corria em direção a portaria do zoo sem ao menos me esperar.
 
- Helena, calma, filha, temos que pegar os ingressos.
 
Ela ri, aquele sorriso que amava tanto, sorriso sapeca que demonstrava o tamanho da alegria dela de estar ali.
 
Compro os ingressos, com a menina puxando minha camisa para entrarmos logo no zoológico. Ansiedade resumia aquela garota.
 
O passeio foi cheio de correrias, comidas nada saudáveis, e sorrisos infinitos da minha filha. Eram raras as vezes que saímos juntas, só eu e ela, sem o medo a me perseguir.
 
Cansada, decido sentar num banco enquanto, ao meu lado, Helena tomava um sorvete. Beijo sua cabeça e a abraço. Uma lágrima escorre dos meus olhos discretamente.
 
- Eu te amo, filha. Independentemente do que aconteceu ou do que acontecerá, eu sempre vou te amar. E sei que, se seu pai estivesse aqui, ele sentiria orgulho do ser humano que você se tornou.
 
Ela me olha confusa, mas sorri e me dá um beijo gelado na bochecha.
 
- Também te amo, mamãe.
 
Acabado o passeio, voltamos para casa. Helena, cansada do dia longo, logo cai de sono em sua cama. Vou para a minha e, sentada na cama, volto a olhar aquela foto.
 
- Queria que pudesse vê-la agora, Z. – Falo, baixinho, como se fosse para ele, mas era mais para mim – Eu tenho medo, eu confesso, eu tenho medo dos meus atos. Acho que não aprendi com o medo que sentia por você, Z. Eu preciso aprender.
 
Minha mente se volta para a noite anterior e ela só dizia: quantos dias eu tenho até selar o beijo da morte?
 
Eu não queria pensar nisso, mas era o que iria acontecer.
 
Eu assinei meu acordo com a Morte.
 

What I want?

----------------------------------------------------------------------------------

Victoria Tayllor
..................................................................................
Minhas falas
"Fala dos outros"
Pensamento
♠️
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
London Zoo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Long-gone London: o jubileu da Rainha Elisabeth
» Long-gone London: a busca pela Deusa da Babilônia
» Long-gone London: Prólogo - O declínio do Novo Mundo
» Long-gone London - Capítulo I: O baile dos amaldiçoados
» ROSSIGNOL, London Ivy

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Detetive RPG BR :: Onde tudo acontece :: Londres :: Zoológico-
Ir para: